Eternos Amantes

domingo, 8 de junho de 2008

É fácil perceber sua chegada

Chega devagar, de mansinho

Entra no meu corpo fugaz

Meu coração acelera

Bate de acordo com sua batida

O prazer é imediato

Esqueço do mundo lá fora

E quando acaba, continua

Permanece no meu pensamento

E é assim, que faz de mim

Sua eterna amante: música!



8 escritos:

Vi ,) disse...

Chega devagar, de mansinho.
;)


A May e a Musica foram feitas uma pra outra. hahaha
xD

A. L. Goes disse...

"...Agora vem pra perto, vem
Vem depressa, vem sem fim
Dentro de mim que eu quero sentir o seu corpo
Pesando sobre o meu
Vem, meu amor, vem pra mim
Me abraça devagar, me beija e me faz esquecer"

Jéssica Bittencourt disse...

ai de mim!
antes me fosse música.

Solitude disse...

ai de mim!
antes me fosse música.(2)

*Raíssa disse...

ai de mim!
antes me fosse música.(3)

Mas música também. Não vivo sem!

Beijos

Jéssica Bittencourt disse...

E como disse Fernando Pessoa:
"Não sei quantas almas tenho.
Cada momento mudei.
Continuamente me estranho..."

Quantas Jéssicas existem aqui?Nem eu mesma sei.

Borges Júnior disse...

"Você é a música
enquanto a música dura"

T.S. Elliot, Quatro Quartetos.

Victória Santini disse...

E daquele jeitinho, vai só no miudinho ;D