Só às Vezes

segunda-feira, 3 de setembro de 2007

O mundo me devora com todo seu vigor,
e logo depois me cospe sem nenhum pudor.
Às vezes penso que é por eu não prestar,
por eu não fazer bem.
Só às vezes.
Só penso.


Às vezes imagino o dia em que nossos corações
irão bater em um ritmo febril e frenético,
em sintonia perfeita, batida perfeita.
Só às vezes.
Só imagino.

1 escritos:

Charlatões disse...

Às vezes penso que é por eu não prestar...

hahaha.