Confissões de um bêbado

terça-feira, 30 de outubro de 2007

Eu bebo.

Aquele líquido que me vende sonhos em garrafas;
Que me deu alegrias, que me consolou em alguns momentos,

e que me deixou calmo e introspectivo quando era preciso.
Dizem que o álcool dificulta a cicatrização.

Deve ser por isso que ainda sinto as feridas abertas.

~

5 escritos:

Júnior Borges (ou Borges Júnior) disse...

engraçado, um sujeito que eu nunca vi na vida hoje me veio reclamar do salário. disse que ia beber todas pra esquecer os pobrema. (isso é verídico hahauh)

bebe, negão!
:)

Rosebud disse...

amiga do chopp :)

danii :) disse...

de certa forma me identifiquei com o texto :}
aahahauhauaa :*

until the end of time' disse...

que medo.manda pro AA agora.e meu título é o melhor. oiaehiouhae
te amo delixa :*

june disse...

interessante
deixa eu opinar? (obrigado)
creio eeeeeeu...
ele nao vende, ele apenas libera algo que tu ja tinhas.
ele gasta mais do teu estoque de felicidade, causando o efeito contrario logo em seguida

_
ei po consegui voltar a escrever
me sinto vivo