Poliamor Amador

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Eu amo muito[s].
Em cada canto
Deixo meu canto
E meu encanto

Em cada lugar
Tenho [um] amado
Tenho
[me] gastado
Me aproveitado,
Acabado... Gozado!

Como é possível amar tanto?
Assim, sem razão...
Amar o amar
Só por amar


Amo o calor
O ardor, o suor
O sabor, o vigor
Amo a dor


A dor de quem ama?
Sou um amador!

Que[m] diz que muito ama
Mas nada sabe.

5 escritos:

Heitor Cardoso disse...

Estaria eu errado no que falo?

Delirium disse...

é verdade, em cada lugar tem um amado
:)

Fanfarrão disse...

Amar cada canto ou cada quanto amar??

Nem comenta mais é??
AHUHAUHAHA

Rafael disse...

quem mais fala .
menos sabe
(?)

Jéssica Bittencourt disse...

caralho! que foda esse !
eu não tinha lido!
muito bom!